Decoração

Armário de Cozinha Antigo: Como usá-los na decoração

É bem possível que, em algum momento do universo da decoração, o termo antigo possa ter sido esquecido em alguns períodos de tempo. Felizmente isso já passou. Quer dizer, a marginalização passou, mas o estilo antigo continua grande tendência. Armário de Cozinha Antigo é um grande exemplo. Quer ver? Encante-se com nossas dicas de como acomodar muito bem seu armário antigo ao lado de móveis atuais.

Para os dicionários, antigo é algo – objeto, pessoa ou conceito – criado ou usado há muito tempo. Para colecionadores, pode significar prazer de vida e/ou sorte financeira. Para arquitetos e decoradores, trata-se de charmoso estilo de vida e convivência. É uma espécie de visitação ao passado a fim de se respirar ares de saudosismo.

Armário de Cozinha Antigo esbranquiçado co nuances de chocolate. Charme puro
Armário de Cozinha Antigo esbranquiçado co nuances de chocolate. Charme puro

É comum definir-se “antigo” como elemento com pelo menos cem anos de idade. Em verdade, a visão de um decorador vai além da medição de tempo. Refere-se a um estágio social, a uma etapa de vida. Assim, “antigo” pode associar-se a trinta anos ou 330 anos antes, desde que reflita a sensibilidade do usuário.

Armário de Cozinha Antigo

  • — “Ei… acho que você está falando de ‘Vintage’, não é?” – diriam alguns.
  • “Não… isso não é ‘Vintage’; é ‘Retrô’… é isso”, contrariariam outros.

A gente fica contente em dizer que ambas as definições estão certas. “Antigo” pode ser mescla das duas. Pode, mas é exatamente. Vamos ver:

  • Vintage trata da moda ou decoração antiga, mas reformadas (no caso de móveis e peças decorativas) ou sob tratamento especial de lavagem e renovação (no caso de estampas e cortes). A pátina dá bem a ideia de vintage em móveis.
Estilo Vintage aplicado à moda: vestido em look antigo com qualidade atualizada
Estilo Vintage aplicado à moda: vestido em look antigo com qualidade atualizada
  • Retrô trata da inspiração em elementos antigos, mas reavaliados em linhas modernas.
Retrô aplicada à moda: saia inspirada em modelos antigos, mas com corte atual
Retrô aplicada à moda: saia inspirada em modelos antigos, mas com corte atual

Portanto, esta mensagem está mais associada à Vintage, pois estamos falando de armários de cozinha antigos que passaram por alguma espécie de tratamento a fim de ganhar qualidade de novo, não exatamente aparência de novo.

Enquanto armários de estilo moderno apresentam arestas via de regra em curvas simples – ou pelo menos não exatamente retas – e peças planas, os mais antigos detêm áreas trabalhadas, quase esculpidas, com reentrâncias desenhadas em linhas curvas muito bem estudadas. São quase obra de arte.

E os Armários? Como Usar?

Ei… você… gostaria de transformar seu próprio armário? Veja esses passos. Dão um pouco de trabalho, mas a satisfação de recriar, de usar a criatividade é enorme.

  1. Identifique as peças em que você vai trabalhar com letras: gaveta A, gaveta B, porta C etc. Remova os utensílios de cada peça e identifique-os com a letra respectiva da peça de que foram retirados e número sequencial: dobradiça A1, dobradiça A2, parafuso C3 etc. Assim, as peças vão voltar para seus lugares de origem, o que evita assimetria com suas funções
  2. Limpe bem as peças; pode haver restos de gordura e pó que você não vê de imediato
  3. Se houver furos e trincas, preencha-os com gesso ou massa corrida ou ainda massa de modelagem
  4. Passe lixa média em todas as áreas em que vai trabalhar. Não é necessário remover toda tinta antiga, se houver. Porém, use a lixa apoiada em pequeno bloco de madeira a fim de evitar que eventuais arestas côncavas/curvas sejam anuladas. Uma técnica interessante é jogar areia média sobre a superfície e pressionar com o bloco de madeira em movimentos retos
  5. Se você tiver habilidade com formões, fala de escultura, limas e glosas, crie desenhos de estilo antigo ou bordas curvas
  6. Aplique uma camada de liquido selante para facilitar a pintura
  7. Aplique uma camada de tinta na cor preferida. A gente sugere branco ou verniz.
  8. Recoloque os utensílios nas peças

Eis, então, seu armário refeito. Estamos certos de que o resultado ficou muito bom.

Exemplos de Armário de Cozinha Antigo

Muito bem. Você já soube a diferença entre Vintage e Retrô, já identificou o significado do conceito de antigo e já aprendeu a transformar seu armário. Agora, a gente vai ver alguns exemplos do charme e da graciosidade de armários de cozinha antigos.

Observe na imagem abaixo que o armário se coaduna perfeitamente com o acabamento em gesso no teto. Esse conjunto visual dá à cozinha ares misturados de antigo e do agora.

Armário de Cozinha Antigo: leveza em linhas rudes
Armário de Cozinha Antigo: leveza em linhas rudes

Abaixo, as cores vistas na pedra foram inspiradoras para o esquema de cores. Note o contraste entre os tons macios e suaves manteiga e caramelo. O tom ouro é quase moldura para eles.

Armário de Cozinha Antigo: tons manteiga e caramelo se destacam dos tons outro.
Armário de Cozinha Antigo: tons manteiga e caramelo se destacam dos tons outro.

Já o exemplo abaixo pode até ser considerado um exagero, não é não?

Armário de cozinha antigo levado quase ao exagero
Armário de cozinha antigo levado quase ao exagero

Lembra-se do antigo nome guarda-comida ou ainda guarda-louças? Lembra-se mesmo?  Pois então. Veja como esse antiquíssimo guarda-louças ficou depois de submetido ao trabalho que sugerimos acima.

Uma mãozinha própria. Você pode recriar o móvel
Uma mãozinha própria. Você pode recriar o móvel

Bem… certamente você sabe que há uma série infinita de possibilidades. Tudo o que você precisa fazer é parar, pensar e agir.